Tudo Maricá, Portal muito mais Maricá

Precisamos evitar essas 3 formas geométricas na vida

Precisamos evitar essas 3 formas geométricas na vida
Leitura em áudio:

Se você está na lista dos que revive a terrível sensação de descontrole, ansiedade e estresse que tanto nos oprime, este artigo é para você! Precisamos evoluir, expandir nossa mente cada vez mais. O tempo está passando, não podemos parar. Continue lendo e entenda porquê é preciso se libertar da forma geométrica.

Ciclo Vicioso

O círculo vicioso é uma situação que não sabemos como parar, exatamente, porque parece que sempre se repete a mesma história.

O círculo vicioso ocorre na vida de uma pessoa quando não é feita nenhuma mudança a respeito de uma situação que se exige mudar, em compensação, o sujeito permanece no mesmo lugar. Para romper este círculo é muito importante ter coragem e tomar uma atitude firme em relação à própria felicidade, lutando pelos verdadeiros desejos do coração e apostando em novas ações.
O ponto de vista essencial é evitar situações com essas características e deixar para depois a tomada de decisões. O melhor momento para tomar uma decisão que quebre com esse círculo vicioso é agora, pois o primeiro passo é o mais difícil, é aquele que faz diferença na situação ao incluir pequenas modificações.

Existem pensamentos negativos que alimentam um círculo vicioso: “está muito difícil”, “não estou preparado para o objetivo”, “não sei como fazer”. Pelo contrario, podemos alimentar pensamentos positivos para sair desse círculo. “Sou uma pessoa capaz de mudar” e “Quero ter essa experiência como um novo desafio”. Em definitivo, não há círculo para aquele que não quer se dar como encerrado, pois sempre é possível mudar a atitude.

Triângulo Amoroso

A triangulação, aliás, nem sempre é colocada em prática. Por exemplo, a pessoas casadas ou que namoram, mas alimentam sentimentos platônicos por alguém. Ou, ainda, a quem seguidamente se apaixona por gente comprometida. 

Também aqueles que parecem eleger algum(a) conhecido(a) do par para sentir ciúmes, quase sempre injustificados. Em outras palavras, há a necessidade –inconsciente, na maior parte das vezes–, de trazer um terceiro elemento para a relação. Por trás dessa necessidade, as motivações podem variar bastante. Se você está entrando ou vivendo um triângulo amoroso, é bom sair já, pois trará consequências irreversíveis por gerações. Quem idealiza relações alheias pode criar fantasias românticas ou amores platônicos que ficam só na imaginação ou tentar conquistar a pessoa idealizada. No entanto, o fracasso de qualquer relacionamento estabelecido é inevitável.

Mente Quadrada

Acontece com muita frequência. Em nosso dia a dia, encontramos pessoas que se mantêm firmes em seus modelos de pensamento. amigos próximos inclusive, reativos para realizarem mudanças, para se arriscarem a escutar, inclusive, opiniões diferentes da voz própria, por acreditarem que tudo o que se distancia dos seus padrões de percepção é errado.

A nossa sociedade hospeda uma grande quantidade de mentes quadradas, que colocaram um “tapa-olhos” em seu cérebro, negando a abertura mental e usando o conhecido como escudo. São mentes inflexíveis que sobrevivem à rotina e se negam a se abrir para novas opções.

Temos certeza de que você também conhece pessoas com esse perfil de pensamento e de personalidade. O difícil é quando são familiares, amigos, colegas de trabalho com quem temos que nos relacionar a cada dia. É complicado sermos conscientes da grande quantidade de muros que existem neles.

Não obstante, é preciso ter claro. Não se deixe influenciar, não se contagie como vírus da inflexibilidade, da rotina que se nega às mudanças por medo de desestabilizar-se. Uma mente aberta é uma arma poderosa que devemos saber desenvolver.

Não tenha medo de errar e, simplesmente, atreva-se a viver com uma mente aberta.

Qual dessas formas você está preso(a)? Conta pra gente!Vote

deixe seu comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *